Obras da PE-160 recebem mais uma frente de trabalho e ganha novo ritmo

Reafirmando o compromisso do Governo de Pernambuco com a região do Polo de Confecções do Agreste, a Secretaria de Transportes e o DER, implantaram, nos últimos dias, mais uma frente de trabalho nas obras da PE-160. A pedido do Deputado Estadual Diogo Moraes, primeiro—secretário da Alepe e representante do polo no legislativo pernambucano.

De acordo com Diogo Moraes, o reforço aplicado foi direcionado na restauração e melhoramento do trecho urbano de Santa Cruz do Capibaribe, próximo ao Moda Center Santa Cruz, com 3,46 km de extensão. Segundo informou o DER, as próximas etapas das obras contam com a conclusão da duplicação e melhoramentos de um trecho de 0,40 km de extensão. “Também estão previstos a conclusão dos dispositivos de drenagem, sinalização horizontal e vertical, além da iluminação de trecho urbano de Santa Cruz do Capibaribe, com 0,70 km de extensão”, acrescenta o parlamentar.

“A obra, que contava com uma frente do trabalho antes da entrada da cidade, agora conta com mais uma próximo ao Moda Center. Ou seja, o DER está aumentando a sua atuação para acelerar os benefícios para quem utiliza a estrada e precisa que esteja em boas condições. Dentro de pouco tempo, será um ganho para a população e para os compradores que visitam o nosso Polo de Confecções. Os transtornos passam e os resultados ficam”, pondera Diogo Moraes.

Com investimentos da ordem de R$ 80 milhões, a intervenção na estrada que dá acesso ao Moda Center Santa Cruz e ao Calçadão Miguel Arraes de Alencar, dois grandes centros atacadistas da região, tem previsão confirmada para conclusão neste 2º semestre de 2018. Segundo o DER, as etapas atuais da obra contam com Restauração, duplicação e melhoramentos de um trecho urbano de Santa Cruz do Capibaribe com 0,54Km de extensão, Restauração e melhoramentos do trecho urbano duplicado de Santa Cruz do Capibaribe, com 3,46 Km de extensão.

Fotos: Jefferson Lulu

Segunda Via de Carteira Nacional de Habilitação (CNH) por enquanto apenas com atendimento presencial

Devido a fraudes detectadas pelo Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – DETRAN-PE, as quais vêm causando prejuízos à população, o Diretor Presidente do Órgão, Charles Ribeiro, determinou que, temporariamente, a requisição da Segunda Via da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) deverá ser feita por meio de agendamento para atendimento presencial, uma vez que está sendo implantado no sistema a biometria e o reconhecimento facial para o recebimento do documento.

Locais que oferecem o serviço:

· Sede do DETRAN-PE, localizada na Estrada do Barbalho, bairro da Iputinga, zona oeste de Recife.

· Lojas do DETRAN-PE nos shoppings.

· Circunscrições Regionais de Trânsito (CIRETRANs).

Estilo Moda Pernambuco realiza sua terceira edição de 26 a 30 de julho com o tema Moda e Sustentabilidade

O Estilo Moda Pernambuco (EMP) vem se tornando cada vez mais uma vitrine para a moda produzida em Santa Cruz do Capibaribe e no Polo de Confecções de Pernambuco. A sua terceira edição está marcada para acontecer de 26 a 30 de julho, no Centro de Eventos do Moda Center Santa Cruz, em Santa Cruz do Capibaribe. Com o tema “Moda e sustentabilidade” e programação diversa, o EMP se fortalece a cada ano e ganha moldes de semana regional de moda e inovação. O evento vai contar com desfiles conceituais e comerciais, além de oficinas e palestras sobre moda e negócios. O destaque será a participação dos estilistas Alexandre Herchcovitch e Ronaldo Fraga. A cantora e apresentadora Gaby Amarantos também está no line up do evento. Cerca de 50 mil pessoas devem circular pelo EMP e no maior centro atacadista de confecções do país durante os cinco dias de duração do evento.

Segundo o síndico do Moda Center, Allan Carneiro, a expectativa é que essa edição do EMP seja ainda maior e melhor do que as anteriores. “Com certeza será um evento marcante. Vamos divulgar a produção do Polo de Confecções, ao mesmo tempo em que levamos informação, capacitação, agregamos valor e geramos resultados comerciais. Teremos grandes nomes do mundo da moda do Brasil, debatendo temas relevantes, além de capacitações, para ajudar os empreendedores do Polo a crescerem ainda mais”, detalha. Ele conta que a escolha da sustentabilidade como tema pela comissão organizadora do evento buscou enfatizar a importância do assunto na atualidade. “Queremos discutir sustentabilidade de forma ampla, para a cadeia da produção da moda como um todo. Nosso intuito é informar e debater sobre formas mais limpas de produzir e o futuro do polo enquanto gerador de empregos e de renda, diante da tendência mundial de mudanças no perfil do consumidor e na forma de aquisição de roupas, acessórios e calçados”, explicou.

A abertura do evento (26) contará com a participação do estilista Alexandre Herchcovitch numa conversa em formato de talk show, mediada pelo estilista e professor de moda do Senac Pernambuco, Luiz Clério. O tema será “Novos comportamentos de produção e consumo de moda”. Herchcovitch foi um dos primeiros estilistas a expandir suas criações além do mercado têxtil, criando calçados para a Democrata, joias para a Dryzun, meias e cuecas para a Lupo, fundos de tela de telefones celulares para a Motorola, sandálias para a Melissa, cadernos para a Tilibra e óculos para a grife brasileira Chilli Beans. Além disso, firmou parcerias de sucesso com a C&A. As criações de sua marca homônima (da qual anunciou seu desligamento em 2016) foram apresentadas nas capitais de moda internacionais, como Paris e Nova York. No currículo, também há marcas renomadas, como Cori, Zoomp e Ellus. Atualmente, tem quatro lojas próprias, desenha modelos exclusivos em seu ateliê, e exporta a linha jeanswear para os Estados Unidos e Reino Unido.

Antes e depois do talk show, haverá os desfiles das marcas Acqualara, Camboriú, Davi Fashion, Joggofi, John Cunningham, Laluka Store, Pietà, Rota do Mar, Rótulo do Corpo e Scaven.

Na sexta (27), o estilista Ronaldo Fraga ministra a palestra “Moda: bandeiras para o vestir”. O mineiro, conhecido por romper os limites do vestir para além da própria moda, discorrerá sobre moda brasileira, indústria e processo de criação. Eleito um dos sete estilistas mais inovadores do mundo pelo Design Museum, de Londres, foi o primeiro representante da moda brasileira a receber a medalha da Ordem do Mérito Cultural. Também recebeu a Medalha da Inconfidência pelo governo de Minas Gerais por seu trabalho. Suas criações já foram apresentadas em diferentes países, como Japão, Holanda, Espanha, Uruguai, Bélgica, Chile, Argentina, México, Angola. Sua marca está licenciada em mais de mil diferentes produtos no Brasil para empresas como O Boticário, Tok&Stok, Malwee, L’Occitane e Chilli Beans, entre outras.

Entre as marcas que desfilam no dia estão Anny Evelyn Moda Feminina, Iska Viva, Maria Bella e Michelle Lingerie. Também haverá espaço para dois desfiles conceituais.

O santa-cruzense Jorge Feitosa, que foi destaque no reality show “Caixa de Costura”, do GNT, e atualmente está radicado em São Paulo, apresentará o desfile de sua mais recente coleção, intitulada “Cheidepraquêisso”, que também traz a temática da sustentabilidade. “Em praticamente, todas as empresas em que trabalhei, recebi a tarefa de transformar algum artigo que estava escondido num estoque, em um produto para a venda, com o intuito de liquidar com a matéria prima parada. Isso acontecia com tecidos, aviamentos, etiquetas ou ferragens. Esse, é o ponto de partida para a coleção: pensar sobre o que me leva, em meio a tanta discussão sobre o que se fazer com os resíduos, focar a minha atenção no porquê da sobra”, detalha Feitosa. O nome ‘Cheidepraquêisso’, ele explica, foi escolhido por conta da ideia de exagero, absurdo, aglomeração. “Só consigo pensar nas montanhas e montanhas de matérias primas e até de produtos prontos que estão parados, estocados, esquecidos em centenas de lugares, e que poderiam ter um destino comercial de fato”, comentou.

Em seguida, a Multmalhas apresentará no seu desfile conceitual com tema Africa Natural e as tendências de tecidos, cores e estampas para o Verão 2019.

Na terceira noite do EMP (28), é a vez dos alunos do curso de moda das faculdades do Senac-Recife e Senac-Caruaru apresentarem os desfiles “No banco tem o quê? Tem ganzá, tem rabeca e tem Salu!” e “Cavalo Marinho do Mestre Salu”, respectivamente. As duas coleções foram inspiradas na obra do Mestre Salustiano (in memoriam), um dos expoentes do movimento Manguebeat e homenageado da 19ª edição Feira Nacional de Negócios do Artesanato — Fenearte.

Em seguida, as marcas AB&C, Cavalheiro, Makital e Zuzinha Kids apresentam as novidades para o Verão 2019.

O Projeto Coletivo Criativo apresenta desfile coletivo com looks dos pequenos empreendedores que comercializam sua produção nos boxes do Moda Center. Desenvolvido pelo Box Fashion, com apoio da administração do Moda Center Santa Cruz, o objetivo do desfile, que apresenta 10 looks, é mostrar a qualidade e a diversidade da produção dos pequenos confeccionistas, que vem crescendo e garantindo cada vez mais espaço no mercado, assim como na vitrine proporcionada pelo EMP. Entre as marcas que participaram do desfile coletivo estão Sealive, PJW Jeans, Adepto Jeans, Use Mais, Top Camuflado, Nacan, F&A Jeans, Lua&Mar Surf Wear, Duque Pólo, Atrevida G, Júlia Plus Size, Sagatta, Gizele Lingerie, Disgri Lingerie & Modeladores, Joseane Fashion, Maddu Jeans e Sarah Fitness.

No mesmo dia, a cantora e apresentadora Gaby Amarantos participará do talk show: “Diversidade e inclusão na moda: estratégia de mercado e empoderamento”. A mediação será dos jornalistas Nedja Alves e Wagner Sales. Gaby apresentou por duas temporadas o programa Troca de estilos, no Discovery Home & Health. Na atração, duas mulheres eram desafiadas a mudar o estilo uma da outra. As participantes eram entrevistadas por Gaby e, depois, o time de especialistas transformavam as mulheres, além de dar dicas de moda e beleza, resultando na transformação dos estilos das participantes. Este ano, a cantora passou a fazer parte do time do programa Saia Justa, no canal GNT, que já contava com Astrid Fontenelle, Mônica Martelli e Pitty.

O domingo (29), concentra o maior número de desfiles de marcas do Polo de Confecções. No line up estão Brytch Jeans, Iska Viva, John Cash, LM Fashion, Magda Moda Íntima, Miss Mel, Nega Maluca, Rastro Ativo, Samkara e Sport Company.

EXPOSIÇÃO – A segunda-feira (30), último dia do evento, contará com a realização de oficinas e com a tradicional feira do Moda Center Santa Cruz, onde os mais de 10 mil pontos comerciais estarão funcionando normalmente.

Na ocasião, a partir das 9h, será aberta a exposição “Coletivo Criativo”, que contará com fotos clicadas por fotógrafos da cidade e participação de modelos locais. Os looks fotografados foram escolhidos pelos integrantes do Projeto Coletivo Criativo. As peças foram produzidas pelas marcas Revolucione Jeans, RCR Original Clothing, Use D’Orig, Dalmonboy, Morena Tropycana, Ne&Ronny, Clepol, Xiqtal, Jovina, Nara Modas, Cravina, Agasias Clothing, Bonita Saia, Formula Femini, Aline Fashion, Divine Moda Feminina, Sunbody e Remais Short’s. Visitantes e clientes poderão conferir o material da exposição na área interna do Moda Center Santa Cruz (entre os setores Laranja e Azul). A exposição acontecerá durante todo o dia.

CAPACITAÇÃO – Em parceria com o Sebrae e o Senac, o EMP oferecerá capacitações voltadas para lojistas, produtores, estilistas e pessoas ligadas à cadeia de produção da moda em geral. As oficinas acontecem de sexta a domingo (27 a 30/7), a partir das 14h, no Centro de Eventos do Moda Center e abordarão temas de quatro eixos temáticos: “idealizar”, “criar”, “construir” e “realizar”. Todas terão duas horas de duração. Entre os temas estão: Desenvolvendo habilidade para solução de problemas; Desenvolvendo a inteligência emocional nos negócios; Criatividade; Desenvolvendo o pensamento cognitivo; Trabalho colaborativo; Aprendendo a tomar decisões; Gestão de pessoas e negociação e Aprendendo a montar um visual merchandising eficiente de moda. A capacitação será realizada no auditório do Centro Administrativo do Moda Center. As inscrições estão abertas até todas as vagas serem preenchidas.

Também será possível visitar as unidades móveis de lavanderia de costura industrial do Senai. Elas estarão abertas para visitação durante todas as tardes e noites do EMP. No local, será possível obter informações sobre os serviços e capacitações oferecidos pela instituição para formação de profissionais que já atuam ou desejam atuar da cadeia produtiva de confecções.

INFRAESTRUTURA – A infraestrutura montada para a realização do EMP é um destaque à parte. Todos os detalhes refletem a grandiosidade da história do polo de confecções e o tema do evento. O projeto arquitetônico e visual do evento é baseado no tripé da sustentabilidade: o social, o ambiental e o econômico e remete diretamente ao surgimento da Feira da Sulanca em Santa Cruz do Capibaribe, na década de 1960.

A passarela e palco da Praça de Alimentação serão montados com estruturas modulares e andaimes em metal e alumínio. Revestidas com elanca, reaproveitada e reaproveitável, vão gerar um impacto visual e uma experiência imersiva dos participantes no tema do evento. Um grande painel de 22 metros de comprimento e três de altura, composto por 500 peças de papelão reciclado, será montado na entrada do EMP e conduzirá os participantes para o interior do Centro de Eventos.

“Nossa maior preocupação foi proporcionar uma experiencia de desfile de moda que conseguisse traduzir o tema do projeto, ser uma metáfora viva do tema sustentabilidade”, explica Isac Filho, arquiteto e designer de estratégia que assina o projeto do evento.

Na área externa, será montada uma cúpula geodésica, que vai funcionar como uma célula de imersão do público. Semi translúcida, receberá iluminação própria e revestimento também em tecido. Nela serão projetados vídeos da fauna e da flora do Agreste e do Sertão pernambucano e imagens antigas de como surgiu o Polo de Confecções. Para curtir a experiência, serão instaladas redes de descanso, artesanato também produzido em Santa Cruz, para que o espaço de convivência reflita a história e a cultura da região e do Nordeste. No local também será possível conferir um vídeo em 3D com um passeio virtual pelo Moda Center Santa Cruz num dia de feira.

Outro diferencial é que a organização do evento se preocupou em utilizar material e mão de obra disponível na região. “Quase 100% foi pensado e realizado em Santa Cruz do Capibaribe e em Caruaru como forma de ressaltar a capacidade de realização da mão de obra local, de inovação e a tecnologia disponível para fazer projetos relevantes, inovadores e interessantes”, destacou.

O EMP 2018 também contará com marcas e instituições expondo seus produtos e serviços na área de estandes. A Multmalhas, o Centro de Apoio aos Pequenos Empreendimentos de Pernambuco (CEAPE-PE), o Santander Getnet, o Sebrae, Senac, Senai, o Agreste Tex e um estande conjunto das entidades de classe do município apoiadoras do evento.

ALIMENTAÇÃO – Uma praça de alimentação também foi montada na área externa do Centro de Eventos para que os participantes pudessem fazer refeições e circular durante o evento. Quem participar do EMP poderá conferir as iguarias preparadas pelo ABC das Tapiocas, Carnívoros Hamburgueria, Arretado de Bom (brownie), Zaru Temakeria, Planet Donut, Teike Bar e Baribe Coxinhas.

CULTURA – Todos os dias depois das palestras e desfiles os participantes poderão curtir atrações culturais gratuitas na área externa do Centro de Eventos. O ponto alto da programação será a cantora Gaby Amarantos, que se apresenta no dia 28 com o seu novo show “Sou + Eu”, nome também da música que ela acaba de lançar. Segundo a cantora, o novo show é dividido em blocos distintos. O primeiro traz músicas da carreira da Gaby, como os clássicos Ex-My Love e Xirley. Em outros momentos, o Pará marca forte presença, com brega e lambada, e a cantora homenageia grandes divas com releituras de músicas afro-brasileiras. Entretanto, o ponto alto do show deve ser aquele em que Gaby apresenta versões feministas de funks. No mesmo dia, o público também vai conferir o pop-rock da banda local Plano Base.

No dia 26, o cantor Vitor Kley, com seu pop praiano, e a banda Sertão Regado animarão os participantes do evento. No dia 27, a atração será o cantor pop Renato Marinho. Já no domingo (29), a cantora mirim Julia Costa, que participou da última edição do The Voice Kids, faz um pocket show na abertura do EMP. Ao final, será a vez da banda Decentes do Forró, do concurso musical promovida por uma emissora de TV pernambucana, levar muita música regional para quem comparecer à última noite do Estilo Moda Pernambuco.

O EMP 2018 conta com o patrocínio de Agreste Tex, o Centro de Apoio aos Pequenos Empreendimentos de Pernambuco (CEAPE-PE), Etikal – Etiquetas e Metais e Multmalhas. O Sebrae-PE, Senac-PE, Senai, Associação Santa-cruzense de Contabilistas (Ascont), Associação Empresarial de Santa Cruz do Capibaribe (Ascap), AD Diper, Sindicato das Empresas do Comércio de Bens e Serviços de Santa Cruz do Capibaribe (Sindilojas), Prefeitura Municipal de Santa Cruz do Capibaribe, Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, CDL Santa Cruz, Certec, Rede.Com, QualyGraf, Treeking, Braztur, Sign Digital, Santa Cruz Cham Hotel e Transbraz.

Outras informações sobre o evento no www.estilomodapernambuco.com.br.

471 veículos receberão lances no 8º leilão do DETRAN-PE de 2018

A Secretaria das Cidades – Secid, por meio do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – DETRAN-PE, realiza amanhã (13), o 8º Leilão de 2018. O evento que vai disponibilizar 471 veículos, entre carros e motos, para lances cujo valor mínimo gira em torno de R$ 300,00, tem início às 9h, no pátio da empresa Coliseum, localizada em Vitória de Santo Antão, às margens da Rodovia Luiz Gonzaga, a BR 232.

Os veículos, divididos entre recuperáveis, quando aptos a retornar às ruas, e irrecuperáveis, popularmente chamados de sucata. Os interessados podem conferir os veículos antes da data do leilão. A visitação dos lotes pode ser feita hoje das 12 às 16h, no mesmo local em que ocorrerá o leilão.

O Edital, contendo as informações gerais sobre o leilão, a exemplo das normas, documentação exigida e taxas de administração a serem pagas pelos arrematantes, pode ser acessado no site do DETRAN: www.detran.pe.gov.br e também no site da empresa Coliseum, www.coliseumleiloes.com.br. Pode também ser retirado gratuitamente no escritório do Coliseum Leilões em Vitória de Santo Antão.

De acordo com o Diretor Presidente do DETRAN, Charles Ribeiro, os leilões inserem o Órgão na agenda ambiental ao colaborarem para a reciclagem automotiva e para a retirada de veículos abandonados nas ruas. “O DETRAN cumpre o que está previsto no Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Após 90 dias de apreensão, os veículos não reclamados devem ser leiloados”.

Ribeiro informa ainda que, a pessoa que arrematar algum dos veículos deverá requerer e pagar pela expedição da 2º via do Certificado de Registro do Veículo (CRV). Cabe a ela também arcar com o valor dos serviços de Baixa do Gravame dentre outras taxas como a de Licenciamento, a de transferência do veículo e a taxa de Emplacamento. O dinheiro arrecadado no leilão é usado para pagar as dívidas dos veículos apreendidos. Quitados os débitos, o resíduo restante – caso haja – volta para o proprietário anterior do veículo.