Tem 30 anos. Pós-graduado com Especialização em Assessoria de Imprensa pela Faculdade do Vale do Ipojuca, graduado em Comunicação Social pela Universidade Estadual da Paraíba.

Já atuou na Rádio São Domingos FM (Brejo da Madre de Deus) em 2007, na Rádio 101,9 FM (Santa Cruz do Capibaribe) de 2007-2008, na Estação Sat (Santa Cruz do Capibaribe) de 2008-2009 e atua até hoje na Rádio Vale AM. Onde desenvolve os trabalhos de produtor e apresentador do programa VALE MAIS.

Atualmente é o responsável pelo Blog do Melqui, assessor de imprensa do vereador Ronaldo Pacas, jornalista da Rádio Vale AM, diretor da Flipi Comunicação e assessor de imprensa da Secretaria Municipal de Assistência Social de Taquaritinga do Norte. Entre em contato pelo blogdomelqui@hotmail.com ou pelo flipicomunicacao@gmail.com.

Acompanhe o Melqui Lima



Mural

Melqui Lima
A Voz do Brasil presta um grande serviço à sociedade. Mas se você não quer deixar de ouvir a transmissão de mais de 1/3 dos jogos da Copa que acontecerão às 19h e quer mais informação de trânsito, música e entretenimento nesse horário, a voz do seu deputado precisa falar por você. Essa é a hora! O Brasil quer a flexibilização do horário da Voz do Brasil votada e aprovada. Particip...
Terça, 22 Abril 2014 17:35
Melqui Lima
Super Manhã - de segunda à ***ta, a partir das 8h da manhã. Tarde Livre - de segunda à ***ta das 14h às 16h. Participe pelos telefones 3731-4033 ou 9275-6290
Quarta, 12 Março 2014 16:44
Deixe o seu recado!

MEC libera R$ 22,5 milhões para merenda em Pernambuco

Os recursos da nona parcela do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) serão liberados até o fim da próxima semana em Pernambuco. No total, são R$ 22.500.426,20, que devem ser investidos na merenda de estudantes da educação básica de todo o estado. Também serão repassados R$ R$ 3.803.106,86 milhões para o Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar (Pnate). Os repasses são feitos por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia vinculada ao Ministério da Educação.


Os recursos do Pnae são repassados anualmente em dez parcelas, de forma a cobrir os 200 dias do ano letivo. As secretarias da educação, responsáveis pelas redes de ensino, recebem os valores e operam a alimentação escolar. São atendidos pelo programa estudantes da rede de educação básica – educação infantil, ensino fundamental, ensino médio e educação de jovens e adultos – matriculados em escolas públicas, filantrópicas e em entidades comunitárias conveniadas com o poder público.


A coordenadora-geral do Pnae, Karine Santos, lembra que o programa atende a quase 42 milhões de estudantes com 54 milhões de refeições por dia em todo o país. “O objetivo é garantir o fornecimento de alimentação que contribua para suprir as carências nutricionais dos estudantes durante o seu período de permanência na escola”, destaca.


Pelas regras do programa, o mínimo de 30% da verba transferida deve ser utilizado na compra de produtos da agricultura familiar, de maneira a movimentar as economias locais. Apenas neste ano, o FNDE repassou R$ 3 bilhões voltados à alimentação escolar em todo o país.


Transporte – Já o Pnate atende os estudantes da educação básica da rede pública de ensino que residem em área rural e que constam no censo escolar do ano anterior. Os recursos, de caráter suplementar, são utilizados por estados e municípios na manutenção de veículos, compra de combustível ou terceirização do serviço de transporte escolar.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar