Melqui Lima é pós-graduado com especialização em Assessoria de Imprensa pela Faculdade do Vale do Ipojuca e graduado em Comunicação Social pela Universidade Estadual da Paraíba.

Já atuou na Rádio São Domingos FM (Brejo da Madre de Deus) em 2007, na Rádio 101,9 FM (Santa Cruz do Capibaribe) de 2007-2008, na Estação Sat (Santa Cruz do Capibaribe) de 2008-2009 e atua até hoje na Rádio Vale AM. Onde desenvolve os trabalhos de produtor e apresentador do programa VALE MAIS.

Atualmente é o responsável pelo Blog do Melqui, assessor de imprensa do vereador Ronaldo Pacas, jornalista da Rádio Vale AM, assessor de imprensa do deputado estadual Diogo Moraes (PSB) e mestre de cerimônias. Entre em contato pelo blogdomelqui@hotmail.com ou flipicomunicacao@gmail.com.

Acompanhe o Melqui Lima




Mural

Melqui Lima
A Voz do Brasil presta um grande serviço à sociedade. Mas se você não quer deixar de ouvir a transmissão de mais de 1/3 dos jogos da Copa que acontecerão às 19h e quer mais informação de trânsito, música e entretenimento nesse horário, a voz do seu deputado precisa falar por você. Essa é a hora! O Brasil quer a flexibilização do horário da Voz do Brasil votada e aprovada. Particip...
Terça, 22 Abril 2014 17:35
Melqui Lima
Super Manhã - de segunda à ***ta, a partir das 8h da manhã. Tarde Livre - de segunda à ***ta das 14h às 16h. Participe pelos telefones 3731-4033 ou 9275-6290
Quarta, 12 Março 2014 16:44
Deixe o seu recado!

Ouça o Programa Moda Center no Ar desta sexta-feira 20.04

Pernambuco em Ação

Estudo realizado no Facebook e Twitter aponta opinião dos pernambucanos sobre a violência

A Le Fil realizou, de 1º de março a 12 de abril, um estudo sobre o aumento da violência em Pernambuco. Foram analisadas 700 citações públicas no Facebook e Twitter buscadas a partir dos termos “violência em Pernambuco”, “insegurança em Pernambuco”, “assaltos em Pernambuco” e “Segurança em Pernambuco”. Pelo estudo, 69% das menções indicam o temor dos assaltos a ônibus, 15% apontam o medo do aumento do número de homicídios, 8% mostram a preocupação com a insegurança no interior do estado e 8% com o crescimento nos números da violência contra a mulher. Além disso, as citações evidenciam a falta de confiança na capacidade do estado de solucionar o problema e uma mudança de hábitos como forma de prevenção.

 

O estudo revelou que 81% das citações analisadas atribuem ao governo estadual a culpa pelos números da violência em Pernambuco. Ainda segundo o estudo, apenas 19% das menções culpam o governo federal pela atual situação de insegurança no estado. A análise mostrou ainda a ideia de que, para parte dos internautas, a atual gestão é omissa e não atua na redução das taxas de violência, além de considerar não efetiva a ação do Pacto pela Vida no combate à insegurança.

 

O que surpreende são os resultados do estudo quanto as soluções apontadas o crescimento da violência. De acordo com 45% das citações, a alternativa mais viável é a legalização do porte de armas, outros 45% acham aceitáveis atos de violência surgidos como resposta aos números da insegurança e apenas 10% acreditam que a valorização da polícia possa ajudar a solucionar o problema.

Ministro Mendonça Filho libera R$9,87 milhões para instituições federais em Pernambuco

O ministro da Educação, Mendonça Filho liberou nesta terça-feira, 18, R$9,87 milhões para o Instituto Federal de Pernambuco, IF-Sertão, as Universidades Federal, Federal Rural de Pernambuco, Universidade do Vale do São Francisco e para a Fundação Joaquim Nabuco. Os recursos serão aplicados na manutenção, custeio e pagamento de assistência estudantil, entre outros itens. “Desde o início do ano, o MEC já repassou R$ 96,09 milhões para as instituições federais em Pernambuco”, destacou Mendonça Filho.


Para todo o Brasil foram destinados, R$ R$ 199,52 milhões. Desse valor, R$ 27,26 milhões serão destinados especificamente para o pagamento de despesas relacionadas a assistência estudantil. Outros R$138,19 milhões, repassados às Universidades Federais, incluindo repasses para hospitais universitários. Já a rede federal de educação profissional, científica e tecnológica receberá R$ 59,73 milhões. O restante, R$ 1,59 milhão, foi repassado às unidades Instituto Nacional de Educação de Surdos (Ines), Instituto Benjamin Constant (IBC) e Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj).


Desde o início do ano, o MEC repassou R$ 1,9 bilhão para as instituições federais, incluindo o que foi destinado ao pagamento de despesas das universidades e institutos federais.

Compesa realiza Leilão Público na próxima segunda-feira (24)

Na próxima segunda-feira (24), a partir das 14h30, a Compesa inicia o Leilão Público para a venda de veículos, sucatas de ferro, zinco, tubulações e bombas submersíveis, transformadores, pneus, equipamentos de informática, extintores de incêndios, eletrodomésticos, mesas, armários, entre outros materiais. O leilão será realizado na Rua Vinte e Um de Abril, nº 541, no bairro de Afogados, no Recife, de forma presencial ou online, pelo site www.aragaoleiloes.com.br. Podem participar do leilão pessoas físicas e jurídicas, sendo necessário apresentar documentos que comprovem a identificação de cada participante. Nenhuma pessoa, mesmo que credenciada, poderá representar mais de um participante.

 


A maior parte dos 46 lotes que serão leiloados corresponde a veículos, dos quais 25 são carros da marca Fiat Uno, Ano 2012 e Modelo 2013. Ainda está à venda uma picape da marca Fiat Strada, também Ano 2012 e Modelo 2013, além de dois caminhões. A companhia prevê arrecadar cerca de R$ 311.330,00 - de acordo com a avaliação dos veículos e materiais - com a realização deste Leilão Público.



Os veículos podem ser examinados na Rua Vinte e Um de Abril, nº 541, no bairro de Afogados, enquanto que os demais lotes de materiais estão disponíveis no Almoxarifado Peixinhos da Compesa (Avenida Jardim Brasília, s/n, Peixinhos, em Olinda), na unidade Cabanga (Avenida Saturnino de Brito, nº 472, Cabanga) e no Centro de Distribuição da Compesa (Avenida da Recuperação, s/n, Macaxeira). A vistoria dos lotes deve ser realizada pelos interessados até esta quinta-feira (20), no horário das 8h às 11h30 e das 14h às 16h - tendo em vista que na sexta-feira (21), será feriado. O edital está disponível nos endereços eletrônicos: www.compesa.com.br e www.aragaoleiloes.com.br.



O seguro obrigatório DPVAT e o IPVA de todos os veículos relacionados no edital estão quitados até o exercício de 2017, e o pagamento de multas geradas até a data da venda será de responsabilidade da Compesa, que vai emitir a nota fiscal em favor do arrematante. No ato do arremate, também será preciso caucionar 25% do lote, e após a quitação do boleto, o valor será devolvido. O prazo para pagamento do boleto será de até cinco dias úteis e só será considerado quitado, após a compensação bancária. Caso o arrematante não pague o boleto dentro deste prazo, a venda ficará sem efeito. Caberá ainda ao arrematante, o pagamento da comissão do leiloeiro de 5% do valor de arremate e taxa fixa de acordo com o lote.



Mais informações sobre o leilão podem ser obtidas pelo telefone telefone (81) 3428-6022 ou com a Comissão do Leilão da Compesa que fica no Centro Administrativo Governador Eduardo Campos (Avenida Cruz Cabugá, nº 1.387, Santo Amaro, Recife - 2º andar, Gerência de Gestão Contábil, Custo e Orçamento), telefone: (81) 3412.9156/ 9143.