Melqui Lima é pós-graduado com especialização em Assessoria de Imprensa pela Faculdade do Vale do Ipojuca e graduado em Comunicação Social pela Universidade Estadual da Paraíba.

Já atuou na Rádio São Domingos FM (Brejo da Madre de Deus) em 2007, na Rádio 101,9 FM (Santa Cruz do Capibaribe) de 2007-2008, na Estação Sat (Santa Cruz do Capibaribe) de 2008-2009 e atua até hoje na Rádio Vale AM. Onde desenvolve os trabalhos de produtor e apresentador do programa VALE MAIS.

Atualmente é o responsável pelo Blog do Melqui, assessor de imprensa do vereador Ronaldo Pacas, jornalista da Rádio Vale AM, assessor de imprensa do deputado estadual Diogo Moraes (PSB) e mestre de cerimônias. Entre em contato pelo blogdomelqui@hotmail.com ou flipicomunicacao@gmail.com.

Acompanhe o Melqui Lima




Mural

Melqui Lima
A Voz do Brasil presta um grande serviço à sociedade. Mas se você não quer deixar de ouvir a transmissão de mais de 1/3 dos jogos da Copa que acontecerão às 19h e quer mais informação de trânsito, música e entretenimento nesse horário, a voz do seu deputado precisa falar por você. Essa é a hora! O Brasil quer a flexibilização do horário da Voz do Brasil votada e aprovada. Particip...
Terça, 22 Abril 2014 17:35
Melqui Lima
Super Manhã - de segunda à ***ta, a partir das 8h da manhã. Tarde Livre - de segunda à ***ta das 14h às 16h. Participe pelos telefones 3731-4033 ou 9275-6290
Quarta, 12 Março 2014 16:44
Deixe o seu recado!

Alepe Realizará Sessão Solene em Comemoração aos 50 Anos Da Paixão De Cristo de Nova Jerusalém

Atendendo proposta da deputada Laura Gomes, subscrita pelos deputados Diogo Moraes e Tony Gel, a Assembleia Legislativa (Alepe) realizará sessão solene, no próxima segunda (29), às 18h, em homenagem aos 50 anos de encenação da Paixão de Cristo. O texto aprovado destaca a importância do espetáculo para a cultura e a economia da região, além da projeção artística de um evento de caráter místico que marca a história da humanidade.


A presença da Assembleia Legislativa, em rara sessão especial solene, celebra 50 bem sucedidos anos consagradores do pioneirismo de Plínio Pacheco, idealizador da Nova Jerusalém, seu mentor e diretor da primeira apresentação, em 1967. O empreendedorismo do patriarca da família Pacheco deu dimensão internacional ao teatro originário, que era apresentado pelas ruas de Fazenda Nova sob direção de Epaminondas Mendonça, conduzindo um grupo de atores amadores formado por amigos e familiares.


Hoje, o espetáculo está profissionalizado, inclusive com a presença de nomes destacados da TV Globo ocupando os principais papéis e contando com forte divulgação em mídia nacional, além de um crescente investimento em tecnologia de ponta de som, figurinos e iluminação. A proposta da deputada estadual Laura Gomes, aprovada pela unanimidade do Plenário, também faz jus ao trabalho de Robinson Pacheco, filho de Plínio, e atual presidente da Sociedade Teatral de Fazenda Nova, responsável pela continuação de uma obra artístico-cultural com meio século de presença exitosa no cenário artístico do Ocidente.

Temos 31 vagas de emprego para amanhã, dia 24 de maio

1 vaga de Ajudante de pasteleiro - CONFEITARIA
4 vagas de Atendente de farmácia - balconista
1 vaga de Auxiliar de pintor de automóveis – SURUBIM
3 vagas de Entregador de gás
1 vaga de Estampador de tecido
1 vaga de Farmacêutico
2 vagas de Costureiro (RETA E INTERLOQUE)
2 vagas de Costureiro (RETA, GOLEIRA E VIÉS)
1 vaga de Modelista
1 vaga de Funileiro de automóveis – SURUBIM
2 vagas de Garçom
1 vaga de Gerente de farmácia
1 vaga de Pintor de automóveis – SURUBIM
1 vaga de Preparador de tintas – SURUBIM
10 vagas de Vendedor pracista

 

AS VAGAS ESTÃO DISPONÍVEIS na Agência do Trabalho, Trabalho e Qualificação de Santa Cruz do Capibaribe - Rua Maestro Alexandre, 93 - Tel.: (81) 3759-8236.

DETRAN-PE publica portaria para readequar lojas e fábricas de placas

Visando evitar casos de clonagem de placas de veículos, bem como, reorganizar e redefinir os procedimentos operacionais de produção, distribuição e comercialização das mesmas, o diretor presidente do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – DETRAN-PE, Charles Ribeiro, assinou portaria publicada hoje no Diário Oficial do Estado.

 

A portaria 1604/17 objetiva disciplinar o credenciamento para as atividades de fabricação de chapas-base de Placas e Tarjetas de Identificação Veicular, e, de estampagem, fixação, lacração e Identificação Veicular, bem como o cadastramento e atividades de fabricantes de Lacres de Placas de Identificação de Veículos, e estabelecer parâmetros de fiscalização.

 

De acordo com Ribeiro, entre os parâmetros estabelecidos na portaria, fica determinado que a solicitação de renovação do credenciamento de fabricante de chapas-base de placas e tarjetas de identificação veicular deverá ser realizada no mês de janeiro de cada ano. Já as solicitações de credenciamento de Loja de Placas deverão ser realizadas no mês de abril de cada ano.

 

Além disso, fica obrigada ainda a empresa fabricante de placas e tarjetas a responsabilidade pela estampagem da combinação alfanumérica da placa veicular com o seu material, a ser executada pelas Lojas de Placas. Para tanto, a mesma deverá realizar as adequações tecnológicas, de modo a possibilitar a segurança, autenticidade, rastreabilidade e validação completa na realização dos procedimentos de produção, distribuição e utilização/descarte da placa veicular.

 

“Com essa medida queremos garantir sempre um melhor atendimento e segurança aos cidadãos pernambucanos, tornando o processo que envolve as placas de veículos ainda mais seguro e sofisticado, inclusive, com a disposição de codificação alfanumérica e de código bidimensionais dinâmicos (QR-Code), onde o agente poderá verificar em tempo real a situação do veículo”, defendeu Charles.

Sebrae confirma apoio à 2ª edição do Estilo Moda Pernambuco

Na manhã da última sexta-feira (19), o síndico do Moda Center, Allan Carneiro; o analista comercial, Neilton Gomes; e Valdir Oliveira, presidente da CDL Santa Cruz, reuniram-se, em Recife, com o superintendente do Sebrae-PE, José Oswaldo Ramos, para discutir o apoio da entidade para a segunda edição do Estilo Moda Pernambuco 2017 – EMP, que acontecerá no centro de compras, de 02 a 07 de outubro.


“Foi uma reunião produtiva, pois tivemos a confirmação do Sebrae como nosso parceiro. O Sebrae é uma entidade renomada a nível de Brasil, no tocante ao apoio de desenvolvimento e incentivo às práticas do empreendedorismo, e estará junto ao Moda Center na realização desse grande evento”, comemorou Allan Carneiro.


Oswaldo Ramos destacou a importância do EMP para o Polo de Confecções. “Na verdade, o Sebrae entende como uma estratégia muito boa, em que fortalece a imagem do polo enquanto produtor de confecções. Por ser uma iniciativa voltada à produção da qualidade dos produtos de moda, nós vamos apoiar essa iniciativa. Acredito que quanto mais a gente puder agregar valores, estaremos nos aproximando dessa tendência de futuro, e isso é importante para a economia de Pernambuco”, pontuou.


Ramos ainda ressaltou que a instituição é uma parceira no fortalecimento do mercado. “O Sebrae tem uma atuação muito ampla, trabalha em vários segmentos. Na questão da confecção, buscamos cada vez mais aumentar a competividade das nossas empresas, com uma boa gestão, auxiliando a desenvolver novos produtos, acessando novos mercados para que possamos fortalecer cada vez mais o setor confeccionista”, disse o superintendente.


Criado em 2016, com grande aprovação do público e muitíssimo bem destacado pela imprensa especializada, o Estilo Moda Pernambuco pretende se consolidar como um dos principais eventos do setor de moda e confecções no atacado. Composto por desfiles de marcas locais e da região, palestras sobre moda e negócios, cursos e atividades ligadas à cadeia têxtil, o EMP é resultado do sucesso alcançado pelo Moda Center Santa Cruz, que reúne produtores de 54 municípios pernambucanos e de estados vizinhos que, juntos, geram mais de 150 mil empregos.

Direito e Cidadania

Conflito entre vizinhos – Como proceder em conformidade com a lei


Nossa residência é o local adequado para descansarmos após um longo dia de atividades, deixando pra trás todos os problemas do dia, buscando apenas o conforto e o aconchego familiar, recarregando as energias para enfrentar as adversidades.


Porém, nem todas as pessoas conseguem usufruir do sossego que deveria existir em seu domicílio, muitas vezes graças a conflitos entre vizinhos, os quais alegam possuir direito sobre determinada coisa, bem como exigem a realização de determinados atos.


Nesses casos é necessário que cada cidadão saiba o que de fato está previsto em lei, de modo que possa compreender direitos e deveres, possibilitando a prevenção. Bem como a solução de conflitos de forma adequada.


Um problema comum é a existência de imóvel com risco de ruína, fato este que ameaça as propriedades vizinhas, possibilitando assim a exigência, por parte do eventual prejudicado, no sentido de obrigar legalmente o dono do imóvel a realizar sua reparação ou até mesmo demoli-lo, buscando assim prevenir futuros prejuízos.


Ainda nesse caso, é possível, embora inadequado, que o proprietário do imóvel em ruína simplesmente opte por não tomar quaisquer medidas, deixando as coisas como estão, ao passo que, caso ocorra prejuízos a terceiros, ele poderá ser responsabilizado, tendo em vista sua omissão diante do caso concreto.


Há que se observar que nem todos os conflitos tratarão de eventuais desastres, sendo plenamente possível que a discussão ocorra pelo simples fato de uma árvore invadir a propriedade vizinha, com seus galhos, bem como estar relacionada ao consumo de frutos que, embora sejam provenientes da árvore do vizinho, tenham caído em propriedade alheia.


Nesse sentido a legislação define que as raízes e os galhos que invadam a propriedade vizinha, poderão ser cortados, de forma vertical, até a divisa entre os imóveis, além disso, determina que os frutos que caírem em propriedade alheia passam a pertencer ao dono deste solo.


Existe ainda previsão legal quanto a possibilidade de construção de muros e cercas, presumindo-se que pertençam aos proprietários confinantes, devendo entre eles a divisão proporcional sobre todas as despesas relacionadas à construção e à manutenção.


Cabe ainda ressaltar que, na hipótese de eventual necessidade de instalação de tapumes especiais, com o intuito de impedir a passagem de animais de pequeno porte, bem como para outras finalidades, as despesas deverão ser pagas por quem provocou tal necessidade.


Por fim, é possível exigir, mediante pagamento de indenização devida, o acesso a via pública através de imóvel alheio, bem como a passagem de cabos e tubulações de serviços de utilidade publica, desde que, em ambos os casos, esteja comprovado que não existe outra solução viável, seja pela impossibilidade ou excessiva onerosidade.


È inúmera a quantidade de assuntos que podem resultar em conflitos entre vizinhos, porém, sempre será possível buscar soluções adequadas para a celeuma, ao passo que o conhecimento sobre direitos e deveres mostra-se como algo essencial na busca pela prevenção, não excluindo, porém, a possibilidade de questionar judicialmente uma situação onde não foi possível a realização de acordo.


Cabe a nós sermos, primordialmente, juízes de nossos próprios atos, evitando situações onde o direito alheio acabará ferido, algo que resultaria em assumir para nós mesmos os eventuais riscos de nossos atos, principalmente quando se trata de pessoas tão próximas quanto nossos vizinhos.


Se você tem sugestões sobre algum assunto jurídico que merece ser explicado em nossa coluna é só mandar um e-mail para: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.


João Bezerra de Moura é advogado devidamente inscrito na OAB/PE sob número 43.267, graduado em direito pela ASCES UNITA, pós-graduando em processo penal pelo Damásio Educacional.