Melqui Lima é pós-graduado com especialização em Assessoria de Imprensa pela Faculdade do Vale do Ipojuca e graduado em Comunicação Social pela Universidade Estadual da Paraíba.

Já atuou na Rádio São Domingos FM (Brejo da Madre de Deus) em 2007, na Rádio 101,9 FM (Santa Cruz do Capibaribe) de 2007-2008, na Estação Sat (Santa Cruz do Capibaribe) de 2008-2009 e atua até hoje na Rádio Vale AM. Onde desenvolve os trabalhos de produtor e apresentador do programa VALE MAIS.

Atualmente é o responsável pelo Blog do Melqui, assessor de imprensa do vereador Ronaldo Pacas, jornalista da Rádio Vale AM, assessor de imprensa do deputado estadual Diogo Moraes (PSB) e mestre de cerimônias. Entre em contato pelo blogdomelqui@hotmail.com ou flipicomunicacao@gmail.com.

Acompanhe o Melqui Lima




Mural

Melqui Lima
A Voz do Brasil presta um grande serviço à sociedade. Mas se você não quer deixar de ouvir a transmissão de mais de 1/3 dos jogos da Copa que acontecerão às 19h e quer mais informação de trânsito, música e entretenimento nesse horário, a voz do seu deputado precisa falar por você. Essa é a hora! O Brasil quer a flexibilização do horário da Voz do Brasil votada e aprovada. Particip...
Terça, 22 Abril 2014 17:35
Melqui Lima
Super Manhã - de segunda à ***ta, a partir das 8h da manhã. Tarde Livre - de segunda à ***ta das 14h às 16h. Participe pelos telefones 3731-4033 ou 9275-6290
Quarta, 12 Março 2014 16:44
Deixe o seu recado!

ATENÇÃO: existem 40 vagas de emprego disponíveis para a sexta-feira (7 de julho) no agreste:

 SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE:

-Açougueiro 1 VAGA
-Costureiro, a máquina na confecção em série 1 VAGAS
-Farmacêutico 1 VAGA
-Pizzaiolo 1 VAGA
-Recepcionista atendente 1 VAGA
-Vendedor pracista 15 VAGAS


CARUARU:


-Apontador de obras 1 VAGA
-Auxiliar de manutenção predial 1 VAGA
-Auxiliar mecânico de refrigeração 1 VAGA
-Açougueiro 1 VAGA
-Barbeiro 2 VAGAS
-Chefe de manutenção eletromecânica 1 VAGA
-Churrasqueiro 1 VAGA
-Conferente de mercadoria 1 VAGA
-Encarregado de seção de controle de produção 1 VAGA
-Instalador de sistemas eletroeletrônicos de segurança 1 VAGA
-Mecânico de refrigeração 1 VAGA
-Padeiro 1 VAGA
-Preparador de tintas 1 VAGA
-Representante comercial autônomo 1 VAGA
-Subgerente de loja (operações comerciais) 1 VAGA
-Supervisor de atendimento ao cliente 1 VAGA
-Tecelão (tear manual) 1 VAGA
-Vendedor pracista 1 VAGA
-Sushiman 1 VAGA


A Agência do Trabalho, Trabalho e Qualificação de Santa Cruz do Capibaribe fica na Rua Maestro Alexandre, 93 - Tel.: (81) 3759-8236.

A Agência do Trabalho, Trabalho e Qualificação de Caruaru fica na Rua Padre Antônio Tomaz, 127 - Maurício de Nassau, Tel.: (81) 3719-9480

Prefeito de Toritama determina aumento salarial e paga retroativos aos professores da rede municipal em parcela única

Diferentemente de outros municípios a Prefeitura de Toritama ousou em cumprir o reajuste salarial de 7,67% para os professores da rede municipal de ensino efetivos e contratados, de acordo com o que rege o governo federal. Os professores da rede municipal de ensino da cidade de Toritama recebem o piso salarial da categoria além desse benefício nesta quarta-feira (05) foram pagos os retroativos do primeiro semestre de 2017 em parcela única, enquanto que em outras cidades de Pernambuco, os retroativos estão sendo pagos de forma parcelada ou sequer serão pagos por falta de recursos.


Assessoria de Imprensa

Moto Amiga educa mais de 7 mil pessoas em Pernambuco

Mantendo seu compromisso em destacar a importância da pilotagem segura aos motociclistas, em um ano, o projeto Moto Amiga realizou treinamentos e palestras em várias cidades de Pernambuco, educando e conscientizando mais de 7,6 mil pessoas. Além dos cursos gratuitos de pilotagem defensiva, o Moto Amiga também realiza palestras e fóruns, ministrados por profissionais de trânsito, saúde e instrutores. A falta de conhecimento, imperícia e a imprudência são a causa dos acidentes. E o objetivo é disseminar práticas de pilotagem segura e estimular o convívio pacífico entre todas as pessoas envolvidas no trânsito.

As atividades educativas foram promovidas por cada concessionária, com investimentos em instrutores de pilotagem, motocicletas, pista de pilotagem e equipamentos de segurança. E o compromisso do Moto Amiga é difundir técnicas de pilotagem e harmonia no trânsito para que os consumidores do mercado de motocicletas possam desfrutar os produtos com segurança. “Essas ações são fundamentais à minimização dos índices de acidentes, principalmente com motocicletas. Mas também estamos colaborando muito para a conscientização no trânsito em geral”, afirma Marcelo Sadi, diretor do Núcleo Operacional da Associação Brasileira de Distribuidores Honda (Assohonda NOA Nordeste II), organismo responsável pelo projeto Moto Amiga.


De acordo com levantamento (nacional) realizado pela fabricante de motocicletas Honda, em 2016, das dez concessionárias que mais realizaram ações educativas voltadas aos motociclistas, três são pernambucanas (Motoparts, Recife, 4° lugar; Pernambuco Motos, Paulista, 5° lugar; e Aliança Motos, Salgueiro, 8° lugar). O estado ainda conta com outras três, quando o ranking é ampliado em 16 representantes da marca que promovem temas relacionados à direção defensiva no trânsito (Alves Motos, Garanhuns, 11° lugar; Riuna Motos, Palmares, 15° lugar; e Sertamol, Serra Talhada, 16° lugar). “São números expressivos de investimentos, que mostram nossa preocupação com os altos índices de acidente. Somos parceiros nesse trabalho”, expressa Sadi.


MOTO AMIGA


Criada pelas concessionárias Honda dos estados da Paraíba, Alagoas e Pernambuco, há cinco anos, o projeto Moto Amiga trabalha para reduzir o alto índice de acidentes com motos no Brasil. E para ampliar ainda mais a disseminação destes conceitos, o Moto Amiga, por meio do curso gratuito de pilotagem defensiva transmite dicas que melhoram os conceitos de segurança no trânsito.

 

Os temas debatidos em sala de aula são relacionados aos comandos da motocicleta, inspeção preventiva, equipamentos de proteção, postura básica, técnicas de pilotagem e estratégias de condução nas mais variadas situações, entre outros temas. Em um segundo momento, os alunos colocam em prática, nas pistas das unidades, o que aprenderam em sala de aula. Nos fóruns também são compartilhados vídeos, trabalhos e matérias veiculadas na mídia sobre pilotagem com segurança, exercícios e animações com dicas de trânsito para motoristas, motociclistas, ciclistas e pedestres. “A grande maioria das vezes, os acidentes acontecem pela falta de conhecimento ou pela imprudência do condutor.

 

Na aula prática, demostramos as técnicas corretas aos alunos e à importância de mudar e melhorar o comportamento e controle na motocicleta. Com certeza, essa experiência prática vai ajudar a evitar muitos acidentes”, orienta o instrutor de Pilotagem do Moto Amiga, Hugo Oliveira.

Plantão Pedagógico: Escola Dinâmica realiza entrega de resultados e encerra primeiro semestre

Na tarde da última sexta-feira (30) a Escola Dinâmica realizou Plantão Pedagógico onde aconteceu a entrega dos resultados do segundo bimestre do ano letivo de 2017.


Plantão Pedagógico é o momento de contato individual entre professores e pais de alunos, com o objetivo de discutir diversos itens relacionados ao ensino como: comportamento, notas, frequência e tarefas escolares.


"É muito importante proporcionar esse momento significativo para que os pais possam conversar reservadamente com os educadores sobre o rendimento dos seus filhos na escola. Essa interação fortalece o elo entre família e escola, e com isso, todos só tem a ganhar", ressalta Joselito Pedro, diretor.


Os responsáveis juntamente com os professores avaliaram resultados e dialogaram sobre o desenvolvimento educacional dos alunos de turmas do Ensino Infantil, Fundamental e Médio na primeira metade do ano. O momento marcou também o encerramento das atividades no primeiro semestre na Escola Dinâmica.


No encerramento do plantão, as coordenadoras pedagógicas Egmar Santos e Zivocléia Leite oportunizaram um momento de confraternização entre os professores.

Espaço Psi

Trabalho Infantil é assunto desse mês!


Recentemente, em 12 de junho, as campanhas de combate ao trabalho infantil ganharam força e intensidade em todo o país, isso porque a data é dedicada a esta causa.


Há muito tempo o trabalho infantil é um sério e gravíssimo problema que prejudica as crianças, mas, nem sempre foi encarado como prejudicial, inclusive para muitas pessoas, ainda não é, basta tocarmos nesse assunto para despertarmos calorosas discussões, onde a grande massa ainda argumenta que “criança tem que trabalhar, para não virar vagabundo!” ou mesmo que “é bem melhor estar trabalhando do que nas ruas usando droga ou incomodando a população!” Enfim, como se diz o velho ditado “um erro não justifica outro” e para quem pense que o trabalho infantil tem algo positivo, engana-se!


Porém é importante destacar aqui que o trabalho infantil combatido e abordado neste texto não inclui algumas atividades que estimulam a responsabilidade e desenvolvimento da criança, ou seja, não é trabalho infantil:


ARRUMAR O QUARTO;
AJUDAR O PAI OU A MÃE EM TAREFAS LEVES DA CASA, COMO ENXUGAR OS PRATOS, VARRER UMA CASA, GUARDAR OBJETOS, ETC...
JUNTAR SEUS PRÓPRIOS BRINQUEDOS, ORGANIZAR SEUS LIVROS ENTRE OUTRAS COISAS SEMELHANTES...


Essas atividades são importantes e essenciais para o desenvolvimento da criança e a formação do seu caráter.


Quando trato de combater o trabalho infantil, me refiro ao absurdo de crianças e adolescentes estarem expostos a situações de risco, ou submetidos a esforços e compromissos que os privam de vivenciar o que é próprio para suas idades.


O trabalho infantil prejudica a aprendizagem da criança, quando não a tira da escola e a torna vulnerável em diversos aspectos, incluindo a saúde, esforços físicos intensos, acidentes com máquinas e animais no meio rural, entre outros. A criança e o adolescente que trabalham estão altamente expostos a situações de risco, acidentes e problemas de saúde relacionados ao trabalho, além do desenvolvimento físico comprometido. As crianças e adolescentes envolvidos no trabalho infantil acabam abandonando a escola ou tendo desempenhos muito baixos, o que afeta as oportunidades que terá no futuro.


E quais são as formas de trabalho infantil mais comuns na nossa região?


VENDEDORES AMBULANTES;
AUXILIARES PARA O PRONTO ACABAMENTO DE CONFECÇÕES NOS FABRICOS E FÁBRICAS;
LIMPADORES DE CARROS NOS SINAIS DE TRÂNSITO;
GUARDADORES DE CARROS EM ESTACIONAMENTOS;
CARREGADORES DE FRETES (CARROCEIROS, ETC);
CRIANÇAS NOS LIXOS TRABALHANDO COMO RECICLADORES, CATADORES DE LIXO, ETC;
CRIANÇAS NA AGRICULTURA, NA PACUÁRIA, NOS MATADOUROS, ENTRE OUTRAS SITUAÇÕES;


Temos na região, as formas mais graves, e muitas vezes invisíveis, de trabalho infantil, isso não significa que existem formas boas de trabalho infantil, mas sim que estudos mostram o impacto dessas atividades para as crianças, tanto física quanto psicologicamente, como mais acentuadas e graves.


É preciso que a sociedade reconheça os impactos e as consequências físicas e psicológicas na vida de crianças e adolescentes que trabalham, desconstruindo assim a falsa ideia de que o trabalho precoce é um caminho possível para o desenvolvimento humano e social. Antes de trabalhar, é preciso estudar, brincar, se socializar com outras crianças para se desenvolver em todas as suas faculdades de forma integral.


O assunto é denso e não caberia tudo em um pequeno artigo, há muito a ser abordado ainda sobre, desde as formas de combater, os programas sociais e sua importância, como é o caso do AEPETI (Ações Estratégicas do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil), o Bolsa Família, que vem justamente para auxiliar as famílias em situação de vulnerabilidade; sem falar que existe o trabalho na condição de Jovem Aprendiz, ou seja, tem muito pano pra manga e podemos continuar falando sobre isso e tirando algumas dúvidas...


Deixe seu comentário, pois sua opinião e contribuição são importantes!


Abraço e até próximo mês!


Diogo Rogério
Psicólogo