Melqui Lima é pós-graduado com especialização em Assessoria de Imprensa pela Faculdade do Vale do Ipojuca e graduado em Comunicação Social pela Universidade Estadual da Paraíba.

Já atuou na Rádio São Domingos FM (Brejo da Madre de Deus) em 2007, na Rádio 101,9 FM (Santa Cruz do Capibaribe) de 2007-2008, na Estação Sat (Santa Cruz do Capibaribe) de 2008-2009 e atua até hoje na Rádio Vale AM. Onde desenvolve os trabalhos de produtor e apresentador do programa VALE MAIS.

Atualmente é o responsável pelo Blog do Melqui, assessor de imprensa do vereador Ronaldo Pacas, jornalista da Rádio Vale AM, assessor de imprensa do deputado estadual Diogo Moraes (PSB) e mestre de cerimônias. Entre em contato pelo blogdomelqui@hotmail.com ou flipicomunicacao@gmail.com.

Acompanhe o Melqui Lima




Mural

Melqui Lima
A Voz do Brasil presta um grande serviço à sociedade. Mas se você não quer deixar de ouvir a transmissão de mais de 1/3 dos jogos da Copa que acontecerão às 19h e quer mais informação de trânsito, música e entretenimento nesse horário, a voz do seu deputado precisa falar por você. Essa é a hora! O Brasil quer a flexibilização do horário da Voz do Brasil votada e aprovada. Particip...
Terça, 22 Abril 2014 17:35
Melqui Lima
Super Manhã - de segunda à ***ta, a partir das 8h da manhã. Tarde Livre - de segunda à ***ta das 14h às 16h. Participe pelos telefones 3731-4033 ou 9275-6290
Quarta, 12 Março 2014 16:44
Deixe o seu recado!

Frase Dinâmica

Prefeito de Taquaritinga do Norte vai ao Instituto Agronômico de Pernambuco buscar buscar ações para zona rural

 Durante a tarde desta quarta-feira (19) o Prefeito Lero, esteve com o secretário de agricultura Zeca Coelho, o secretário de gestão Evilásio Araújo, a secretária de saúde Poliana Santana e com o coordenador do IPA (Instituto Agronômico de Pernambuco) em Taquaritinga Evandro Bezerra, onde estiveram na sede do IPA na capital pernambucana em busca de ações que vai beneficiar o município em especial o homem do campo. Os mesmos se reuniram com o diretor de extensão rural de Pernambuco Dr. Alberto Messias, para reivindicar as ações que tem sido notórias no governo de Lero nesses cem primeiros dias.


“A idéia que foi ir em busca de melhorias para o homem do campo, que vem sofrendo com uma seca enorme nos últimos anos e vem sofrendo com a cochonilha. Então nosso governo, sempre em busca de soluções para melhorar a vida da população, fomos até o IPA para solicitar ações como aração de terras, a distribuição de sementes, e a palma forrageira que é resistente a praga da cochonilha Como forma de melhorar a vida da população que vive na zona rural de Taquaritinga " falou o prefeito.


Além dessas ações conquistadas no Recife, o prefeito vem se preocupando com a zona rural, procurando revitalizar as estradas vicinais, levando saúde a toda população da zona rural e realizando a limpeza de poços, açudes barreiros e barragens.


Assessoria de Comunicação

Temos 14 vagas de emprego para hoje (25 de abril)

-1 vaga de Auxiliar de pintor de automóveis – SURUBIM
-1 vaga de Açougueiro
-1 vaga de Carpinteiro
-1 vaga de Cobrador externo
-4 vagas de eletricista de rede
-1 vaga de Funileiro de automóveis – SURUBIM
-1 vaga de Gerente de loja
-1 vaga de Gerente de vendas externas
-1 vaga de motorista de carro (funerária)
-1 vaga de Pintor de automóveis – SURUBIM
-1 vaga de Preparador de tintas – SURUBIM

AS VAGAS ESTÃO DISPONÍVEIS na Secretaria de Micro e Pequena Empresa, Trabalho e Qualificação - Rua Maestro Alexandre, 93 - Tel.: (81) 3759-8236

Reforma Trabalhista é tema de seminário nesta quarta-feira (26) em Caruaru

Nesta quarta-feira (26), a OAB CARUARU promove o Seminário sobre 'Temas Atuais do Direito do Trabalho e Processo do Trabalho'. O evento é um dos mais esperados pela classe, onde será debatida a Lei 13.429/2017 que trata sobre a Reforma Trabalhista proposta pelo governo federal.

 

Estarão presentes no seminário os advogados especialistas do direito do trabalho, Rodrigo Fernandes e Thiago de Lima, e a procuradora do trabalho do Ministério Público do Trabalho da 6ª Região, Débora Tito.

 

O seminário será realizado no Auditório da Superintendência da Caixa Econômica Federal, ás 19h, no bairro Universitário.

 

Encontro de prefeitos do PSB discute desafios da gestão pública

Organizado pela Fundação João Mangabeira e o PSB Nacional, o Seminário de Prefeitos e Vice-prefeitos do Partido Socialista Brasileiro (2017-2020) reuniu, nesta segunda-feira (24), em Brasília, gestores da legenda em Pernambuco, além de representantes da Executiva estadual. Com o tema Cidades das Pessoas: a construção do ambiente sustentável no Brasil, o evento teve o objetivo de discutir com os prefeitos eleitos o desafio da gestão pública nos municípios. O presidente estadual do PSB, Sileno Guedes, também participou do evento, que teve 63 inscritos de Pernambuco.


O encontro abordou temas como a Responsabilidade Fiscal e Responsabilidade Social - Experiências de Prefeitos Socialistas; Transparência Pública, Serviços Online e Fiscalização dos Atos Pela Comunidade. Em todos os painéis, houve destaque para a importância da participação popular nas administrações municipais como forma de alinhar a gestão às necessidades da população.


Presidente estadual do PSB, Sileno Guedes, destacou a contribuição do evento para as gestões socialistas municipais. “Uma das características do nosso partido é realização de seminários como este, seja no ano que antecede as eleições e também no ano pós-eleitoral, onde podemos apresentar os êxitos das administrações socialistas para representantes de todo o Brasil. Além disso, é o momento onde discutimos as nossas bandeiras e as pautas prioritárias do nosso País”, destacou.


Um dos principais momentos do encontro foi o discurso do presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, que destacou que o Brasil vive a maior crise econômica, política e social de sua história. Ele ponderou que apesar da situação, existe esperança pois o Brasil está entre as dez maiores economias do planeta e que possui uma das dez maiores empresas de petróleo do mundo. Siqueira usou o exemplo da França, onde dois candidatos foram escolhidos para disputar o segundo turno das eleições, para enfatizar que o mundo vive uma onda conservadora. “Nós vivemos uma onda perigosíssima que é o recrudescimento do conservadorismo”. Siqueira defendeu ainda que o PSB não renuncie aos seus ideais e se posicione contra a Reforma Trabalhista, ele lembrou que existe uma decisão unânime nesse sentido do Congresso do Partido de 2014.


Cerca de 300 socialistas, entre prefeitos, vice-prefeitos, gestores e lideranças de todo o País, participaram do evento, que ainda contou com a presença do senador Fernando Bezerra Coelho, do representante da Fundação João Mangabeira em Pernambuco, Adilson Gomes Filho, e de representantes dos segmentos sociais do PSB-PE.

Pernambuco em Ação

Filme gravado em Caruaru participa da Competição Nacional de Curtas-Metragens, Santa Cruz do Capibaribe é citada na história

Filme gravado em Caruaru participa da Competição Nacional de Curtas-Metragens, Santa Cruz do Capibaribe é citada na história -


Escrito e dirigido por Filipe Carvalho, o filme é o único pernambucano participando desta edição da Competição Nacional de Curtas-Metragens. É primeiro filme do roteirista e diretor Filipe Carvalho, que apresentou o curta como trabalho de conclusão do curso de Rádio, TV e Internet na Universidade Federal de Pernambuco, com a orientação do professor Eduardo Duarte, pós-doutor em Comunicação.


“A Lembrança que eu gosto de ter” conta a história de um homem que retorna ao lugar onde viveu com a família durante toda a sua infância na região de Tabocas, na zona rural de Caruaru, Agreste de Pernambuco. Trinta anos depois de sua saída – quando a família mudou-se para Santa Cruz do Capibaribe –, esse homem volta ao local de suas origens e mergulha na memória de sua família, marcada em cada espaço daquele lugar. Ele relembra os sonhos, as tristezas, as alegrias, os medos e a saudade dos momentos mais banais.


As gravações do filme começaram há dois anos e foram realizadas inteiramente na cidade de Caruaru, principalmente na zona rural, na fazenda onde a família viveu entre as décadas de 60 e 80. Alguns lugares como a feira livre de Caruaru e o açude de Tabocas tornaram-se cenários do filme.


Produzido financiamento próprio, o filme contou com uma pequena equipe que foi essencial para a produção. “As gravações do filme em Caruaru foram feitas por mim e mais quatro pessoas. Sem elas, não havia a menor possibilidade de o filme existir. Nós íamos para a fazenda em alguns finais de semana e passávamos todos os dias experimentando e gravando, quase que um processo artesanal”, diz Filipe Carvalho. A equipe foi formada por Karilayne Carvalho, Luis Vitor, Letícia Barros e Pedro Melo. Na fase de pós-produção, a equipe contou com Guma Farias, Priscilla Maria e o grande apoio da produtora Usina de Filmes.


O filme também é um mergulho na própria história do diretor, porque o homem que retorna a suas origens é o pai de Filipe. “A ideia de escrever o filme surgiu justamente das histórias que meu pai me contava desde pequeno. No início, eu fiquei com medo de contar uma história que as pessoas não estivessem interessadas. Mas depois eu percebi que a história de qualquer família é comum, mas ao mesmo tempo, é única. O que eu sinto com a história da minha família, é um sentimento único. E isso acaba sendo muito mágico”, explica Filipe Carvalho.


No Rio, ainda haverá exibição amanhã (25), às 16h, no Espaço Itaú Botafogo. Em São Paulo, o filme será exibido na quarta-feira (26), às 15h, no Cinearte, e no dia 29 deste mês, às 17h, no Itaú Cultural.

 

Fonte:  www.ufpe.br/agencia

Direito e Cidadania

Contrato verbal – Comprovação, cobrança e extinção


Os contratos estão cada vez mais presentes no cotidiano das pessoas, porém, acabam passando muitas vezes despercebidos pelos que deles fazem parte, seja por ignorarem a possibilidade de sua modalidade verbal, ou por assinarem aquilo que não leram, implicando de uma forma ou de outra em desconhecimento de direitos e obrigações.


A declaração de vontade entre duas ou mais pessoas, sejam naturais ou jurídicas, é capaz de gerar vínculo entre elas, estando assim materializada a essência do contrato, sendo necessário apenas que alguns requisitos legais estejam presentes.


A validade contratual dependerá primordialmente da capacidade civil das partes envolvidas e da licitude do objeto, de modo a determinar um objeto possível, não sendo necessário observar qualquer tipo de procedimento específico, desde que não haja exigência legal para tanto.


Partindo da ideia de que, para o cidadão, aquilo que não é proibido é consequentemente permitido, passando pelo entendimento de que alguém só será obrigado a fazer ou deixar de fazê-lo em virtude de lei, observa-se que os contratos poderão existir de forma verbal quando a lei não trouxer determinação contrária.


Nesse sentido é importante destacar que, em circunstâncias onde não for necessária a manifestação de vontade expressa da parte, o silêncio implicará na aceitação do que estiver sendo proposto, confirmando assim o ditado popular de que “quem cala consente”.


Resta claro que, dependendo da maneira como foi realizado, o vulgarmente chamado “acordo de boca” poderá ser considerado juridicamente válido, porém, é importante salientar a necessidade de comprovação para que tal contrato possa ser de fato apreciado na esfera judicial.


Diferente do contrato escrito, onde todos os direitos e obrigações estão postos de forma explícita, no contrato verbal é necessário, inicialmente, não apenas a comprovação da existência contratual, mas também de tudo que ficou acordado entre as partes.


Para tanto será possível a utilização de todos os tipos lícitos de provas como, por exemplo, documentos e testemunhas, havendo ainda a ressalva de que, em casos onde o único meio comprobatório seja testemunhal, existirá um limite de até dez vezes o valor do salário mínimo vigente na data de sua celebração, de modo que contratos que excedam tal montante necessitarão de outros tipos de provas além da testemunhal.


Após a comprovação da existência do contrato verbal, bem como dos direitos e obrigações individuais, será possível enveredar pelo caminho da execução contratual, o que dignifica dizer que uma das partes estará cobrando que a outra cumpra com que foi acordado previamente, além disso, é possível que o interessado opte pela extinção contratual.


Assim observa-se que, embora o contrato escrito traga maior segurança quanto aos termos acordados, o contrato verbal também poderá ser levado ao poder judiciário para que sejam tomadas providências necessárias no sentido de concretizar o que as partes entenderam, em um momento anterior, por ser justo e adequado.


-



João Bezerra de Moura é advogado devidamente inscrito na OAB/PE sob número 43.267, graduado em direito pela ASCES UNITA, pós-graduando em processo penal pelo Damásio Educacional.


Se você tem sugestões sobre algum assunto jurídico que merece ser explicado em nossa coluna é só mandar um e-mail para: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Pernambuco em Ação

Espaço Psi

O JOGO DA BALEIA AZUL E O SUICÍDIO INFANTIL

 

Nos últimos dias fomos surpreendidos com notícias vindas do mundo todo, sobre o jogo da baleia azul. Rapidamente o assunto popularizou-se, preocupando as famílias, causando tensões e inseguranças para as crianças, e tudo isso evidenciou um assunto que não é novo, mas que pouco se fala: o SUICÍDIO INFANTIL.

 

A mídia e o povo têm debatido sobre os aspectos macabros, assustadores e sensacionalistas do jogo da Baleia Azul, porém pouco se aprofunda no que realmente importa. As notícias evidenciam o jogo, mas não falam dos motivos que possibilitam sua existência; o que dá abertura e força para que ele cresça e seja acolhido por crianças e adolescentes. Qual oceano possibilita a existência dessa baleia azul? Ela costuma nadar no sofrimento humano pouco acreditado, pouco visibilizado, o sofrimento dos pequeninos. Então chegamos mais fundo, no problema de não vermos a criança e o adolescente como um ser em sua existência, total no hoje, que está em desenvolvimento, mas que apesar da menor idade, tem seus sentimentos e comportamentos e seu lugar no mundo.

 

A grande questão não é o jogo (exploda-se essa blue whale! Blast, Blast!!!), mas o que importa é olhar para o sofrimento infanto-juvenil.

 

Interessante que já recebi na clínica mães e pais preocupadíssimos com o jogo, querendo saber como se proteger, como proteger seus filhos, enfim, queriam entender a baleia azul, conhecê-la para identificá-la, e entende-se o quase desespero da família, é a resposta ao sensacionalismo midiático, mas, minha orientação, sempre é a mesma: Não preocupe-se em conhecer o jogo, mas, interesse-se em conhecer seu filho, talvez ele esteja sofrendo.

 

Claro que o básico sobre o jogo já é está bem conhecido. Concorda? Organizado em desafios macabros aos adolescentes, como tirar selfies assistindo a filmes de terror, automutilar-se, ficar doente e, na etapa final, cometer suicídio. Preocupante sim, e não é mito, o jogo existe desde 2015, começou na Rússia, espalhou-se pelo mundo, e ainda que fosse como uma daquelas “lendas urbanas”, infelizmente a sociedade apropriou-se e tornou-a real.

 

As crianças e adolescentes que e são engolidos por essa baleia estão fragilizados emocionalmente e provavelmente já demonstram há algum tempo sinais de depressão, angústia, isolamento social, tristeza prolongada, entre outros. O assunto faz emergir várias fragilidades na família, na sociedade, no estado, enfim, e não fazer julgamentos ou simplificar o assunto, só aumenta o sofrimento, e dificulta as coisas. (P.s. não compartilhem um chinelo da havaianas, insinuando que a depressão infantil é falta de surra.)


Mães e Pais vejam algumas mudanças comportamentais que devem ser observadas nas filhas e filhos:

 

. Alterações significativas na personalidade ou nos hábitos;
. Comportamento ansioso, deprimido ou agitado;
. Queda no rendimento escolar;
. Perda ou ganho repentinos de peso;
. Mudança no padrão de sono;
. Tristeza, irritação e acessos de raiva combinados
. Comentários autodepreciativos ou desesperançosos em relação ao futuro;
. Demonstração clara ou velada do desejo de pôr fim à vida.

 

P.s.: Isso não significa necessariamente que estão jogando a baleia azul, mas que não estão bem, que precisam de cuidados específicos! Blz!!!

 

Alguns fatores como perdas recentes de figuras significativas, baixo limite de resistência à frustração, morte de pessoas próximas (parentes e amigos), dificuldades familiares, privação emocional, falta de afeto, separações com muitas brigas entre os pais e depressão também podem ser situações estressoras que podem adoecer a criança e o adolescente, e gerar um comportamento suicida. (SEMINOTTI, 2011).

 

Lendo sobre o assunto, percebi que a maioria dos poucos autores que escrevem sobre o assunto, acredita que em concomitância com o aumento de idade há o crescimento do risco de suicídio já que a morte vai sendo compreendida pela criança conforme o desenvolvimento cognitivo da mesma. Quanto mais o tempo passa, aumenta a compreensão do que é a morte, seu significado e sentido. A autora Elisa Seminotti (2011) acredita que a criança tem pouco contato com a morte real e mais com a morte fictícia e dita que inicialmente a criança percebe a morte como um estado de sono, do qual pode acordar, como num conto de fadas, sendo possível evitar a morte adaptando-se e sendo cuidadosa e que mesmo estando morto pode-se ter sentimentos e pensamentos se engajando em atividades que as crianças mais velhas só atribuem a pessoas vivas.

 

Finalizando este texto, mas não finalizando o assunto que é complexo e delicado demais, oriento pais e mães a observarem seus filhos e filhas, nada melhor que uma boa conversa, seja no pé da cama, na rede da varanda, no shopping ou na praia, seja no sítio, ou até mesmo no boxe de uma feira, enquanto trabalham... Quebre o gelo! Talvez seu filho precisa desabafar, sorrir ou chorar. Dependendo da situação pode-se necessitar de uma intervenção profissional, psiquiátrica, neurológica, psicológica ou psicanalítica, esses são os profissionais capacitados para atuar com tais questões.

 

Abraço!

 

Diogo Rogério
Psicólogo

 

Referência Bibliográfica: SEMINOTTI, Elisa Pinto. Suicídio infantil: reflexões sobre o cuidado médico. Disponível em < www.psicologia.pt/artigos/textos/A0297.pdf

Sebrae realiza oficina com foco no atendimento para negócios da beleza

A oficina “Negócios da beleza: como construir um modelo de atendimento moderno e eficaz”, oferecida pelo Sebrae em Pernambuco, incentiva à qualificação empreendedores do segmento de beleza que atuam no interior do Estado. O encontro acontece nesta segunda-feira (24), a partir das 14h, no Senac Caruaru. Os interessados podem se inscrever pelo telefone: (81) 3727-8271/ 2103-8408 ou no local do evento.



A capacitação irá abordar técnicas e conceitos importantes fundamentais para realizar um bom atendimento, que pode se transformar em um diferencial para o negócio. Marketing sinestésico, marketing interativo e marketing de serviços e excelência no atendimento a partir da percepção do cliente fazem parte do conteúdo da oficina.



Para ministrar o conteúdo, o Sebrae convidou o especialista Rodrigo Rangel, que irá dividir seus conhecimentos com os inscritos. O Sebrae tem o apoio do Senac e da Acic na realização deste evento.

Não haverá feira no Moda Center no dia 1º de maio - Dia do Trabalhador

Recapeados mais de 34 mil m² de estacionamentos no Moda Center

Carol Nakamura renova com Moda Center e continua sendo a garota-propaganda do centro atacadista por mais um ano

A estratégia de comunicação e marketing do Moda Center Santa Cruz foi tão bem-sucedida em 2016 que a administração do maior centro atacadista de confecções do país decidiu renovar o contrato com Carol Nakamura. A atriz, bailarina e apresentadora continuará sendo a sua garota-propaganda por mais um ano.



Além de ser muito popular, Carol Nakamura se destaca pela simpatia e identificação com o mundo da moda e com o centro de compras. Ela vai estrelar todas as campanhas para as mídias tradicionais (TV, mídia externa e impressos). Nesse novo projeto, a atriz também participará da produção de material específico para os perfis do Moda Center nas redes sociais, um dos focos que serão fortalecidos pelo centro atacadista na estratégia para 2017/2018. A presença da atriz na segunda edição do Estilo Moda Pernambuco, programado para acontecer de 2 a 7 de outubro, em Santa Cruz do Capibaribe, também está confirmada.



Segundo Allan Carneiro, síndico do empreendimento, a repercussão e o retorno de todas as peças estreladas por Carol ao longo de 2016 foram positivos. “O carisma e a identificação direta da Carol com o mundo da moda nos ajudaram a atingir o nosso público-alvo e a atrair mais compradores de todas as regiões do país para o Moda Center. Por isso resolvemos apostar na credibilidade, talento e profissionalismo dela por mais um ano”, comentou.



A produção do novo filme comercial com Carol Nakamura deve acontecer em maio no próprio Moda Center, em Santa Cruz do Capibaribe. Além da gerência de Comunicação de Marketing do empreendimento, o trabalho será coordenado pela Agência Ópera, que atende o centro de compras, especialmente em campanhas veiculadas regional e nacionalmente

Procon de Santa Cruz do Capibaribe oferta novo serviço à população

O Serviço de Proteção ao Consumidor (Procon) de Santa Cruz do Capibaribe está ofertando à população um novo serviço, trata-se de um sistema de informática de cálculo. Antes essa ferramenta só era disponível no Recife, sede estadual do órgão.



Esta atividade é realizada através de um software específico, com isso, os consumidores da Capital da Moda já podem fazer atualizações monetárias, cálculos de antecipações de parcelas em financiamentos, reajustes de alugueis e análises de contratos financeiros.



“Antes de implantarmos este serviço aqui na unidade de Santa Cruz do Capibaribe uma equipe nossa participou de uma capacitação, esse treinamento foi promovido pelo setor de cálculo do Procon Recife. Quatro agentes participaram desta qualificação e aprenderam como operar este sistema. Nosso intuito é atender a população da melhor forma possível”, contou Thalys Henrique, coordenador local do Procon.



Para a utilização desta nova função, o consumidor deve comparecer a sede do Procon de Santa Cruz do Capibaribe, localizado na Avenida Padre Zuzinha, 496, Centro, munido de documentação pessoal, contrato, recibos ou qualquer outro documento que comprove o vínculo contratual.